Sábado
15 de Dezembro de 2018 - 

Constelação Familiar no TJDFT é destaque no site do CNJ

O Conselho Nacional de Justiça – CNJ publicou em seu site, nesta quarta-feira, 30/5, matéria sobre o Projeto Constelar e Conciliar, do TJDFT. Intitulada “A busca pela paz com a constelação familiar no Tribunal do DF”, a matéria destaca o trabalho desenvolvido pela Vara Cível e de Família do Núcleo Bandeirante, durante as sessões de Constelação Familiar. Durante a sessão, convocadas mensalmente pela juíza titular da vara Magáli Dellape Gomes, as pessoas, partes de processos que tratam de guarda, pórcio, inventário e alimentos, entre outros casos de família, participam de uma dinâmica, coordenada por um psicólogo voluntário. O objetivo da dinâmica é que a terapia em grupo possa facilitar acordos judiciais e pacificar o conflito familiar, culminando na extinção do processo. No Núcleo Bandeirante, onde a técnica da Constelação Familiar começou a ser aplicada em 2015, a taxa de rejudicialização, entre as partes que passam pela dinâmica, é de apenas 5%. “Conseguir um acordo depois de ter feito a constelação é mais do que acabar com o processo, é resolver um conflito que tem atravessado gerações naquela família”, afirmou a juíza Magáli Dellape. A matéria completa, que traz ainda infográficos e informações sobre um caso real, ocorrido na Vara Cível e de Família do Núcleo Bandeirante, está disponível no site do CNJ. Clique aqui para acessá-la.
30/05/2018 (00:00)

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia